To com saudade dele.

quinta-feira, setembro 22, 2016


Não faz tanto assim que o vi. A última que os meus olhos contemplaram sua presença, ele estava, como de costume, incrivelmente lindo. Eu brigava o tempo todo com a minha vontade de fixar meu olhar nele. Que agonia.

É uma tortura essa tal de saudade, ela aperta que só. Parece que tudo, exatamente tudo, tem um pouco dele. Ele sempre está onde estou, aonde vou ou imagino estar. O vento usa o seu perfume, todos os sorrisos carregam a alegria dele, todos os abraços têm o seu calor, toda música tem a sua voz. Mas essa ausência real que ele me faz me dá uma vontade insaciável de correr para os seus braços, de ligar no meio da noite, de gritar em frente à sua casa que quero estar eternamente ao seu lado. 

Não sei como controlar todo esse sentimento. Quero me convencer que não quero mais vê-lo, tento me enganar mas não adianta. Difícil. Difícil esquecer alguém que está tão presente aqui dentro. Difícil me convencer que eu quero que ele suma, vá embora. Difícil não ter para onde fugir. É, admito... To com saudade dele.

Veja também:

1 comentários

  1. "A saudade é um dos sentimentos mais belos e um dos mais dolorosos."

    ResponderExcluir