O tempo não espera!

by - quinta-feira, dezembro 24, 2015

- Você não acha que tá cedo demais?
- Não acha melhor esperar mais um pouco?
- Se eu fosse você, esperaria mais um pouco!
- Tá muito cedo, vai com calma!
- Agora não, espera mais.


Pois é, quase sempre escuto essas frases, principalmente quando o assunto é relacionamento amoroso, mas eu parei e comecei a analisar e cheguei à conclusão que: o tempo não espera!
Aprendi que tudo é no seu tempo, porém há coisas que perdemos se não dermos oportunidade. Falando de amor, quem tem a formula exata de amar? Já ouvi e vivi muitos amores, fiz várias promessas, chorei, me apaixonei diversas vezes e entre umas e outras eu pensei que nunca mais ia sentir nada por ninguém, que o último namoradinho era o grande amor da minha vida e que eu não ia conseguir me envolver de novo. Sabemos que isso não é assim, tudo passa -até a uva- e um dia a gente supera. Estou iniciando um novo relacionamento e ouvi essas e muitas outras frases do mesmo nível quando comecei a namorar, não só eu como João Paulo também, e fico abismada me perguntando como as pessoas têm tanta certeza do que é melhor pra mim se elas nem estão vivenciando o que eu estou? É, acho que nunca vou entender isso e também não me lembro de ter pedido opinião se está ou não cedo demais para nós dois. Entendam, não estou criticando todo mundo, pois vi que alguns falaram isso com a melhor das intenções e eu acho maravilhoso essa preocupação; porém outros... 
Enfim, o que quero dizer é que O TEMPO NÃO ESPERA! De fato há coisas que precisamos ter cuidado para não ser muito precipitado, mas há outras que exigem pressa. Decisões importantes e sérias têm que ser sim analisadas com cautela, mas isso não quer dizer que precisamos passar séculos para decidirmos o que fazer, não é mesmo?! Querendo ou não o tempo corre e ele corre mesmo, ele não te espera por muito tempo, só o tempo necessário.
Eu tomei minha decisão, parei de pensar demais, de questionar milhões de coisas antes de decidir algo. O tempo corre, o tempo não espera e eu também não, pois aprendi a correr junto a ele.

You May Also Like

0 comentários