Mata-me saudade.

by - quinta-feira, janeiro 16, 2014



Mas faz falta
A tua presença
Venha depressa, amor
E tire-me dessa carência.

Carência, ciência sentimental
Às vezes acho isso tão banal
Mas sabe, amor, isso não me faz mal
Pois sei que irás voltar afinal.

To com saudades imensas de você
Quero tanto te ver amanhã
Espero te encontrar ao anoitecer
Porque senão, meu bem, vou enlouquecer.


- Acioli

You May Also Like

2 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, é lindo quado se escuta isto olhos nos olhos e sentimos vir do fundo do coração!

    ResponderExcluir