Mio caro amore.

by - sábado, julho 06, 2013


Olá moço, tudo bem?
Bom, eu estou aqui lhe enviando essa carta indiretamente, pois eu não tenho coragem de lhe dizer tudo isso que eu sinto por você. Eu não sei se disfarço bem, eu tento, mas ás vezes, quase sempre, os meus olhos tem vontade própria e se guiam até você. Ah, você sabe, você já percebeu eu sei. Perdoe-me, mas é inevitável não ficar parada te olhando, pois a coisa que eu mais gosto é quando te vejo tocando e cantando músicas de sua autoria, eu acho [Não, sem “eu acho” no meu discurso] eu sei que isso é idiota e até ridículo para mim, perdoe-me mais uma vez, mas você é encantador demais a ponto de me deixar assim.
Sabe, eu também amo o seu jeito de falar, de se expressar... Mas o que eu mais adoro no seu jeito é quando você tá com vergonha, é de uma sinceridade imensa. Você é lindo, em tudo que você faz.
Isso não é uma declaração de amor, ou talvez seja, mas é a mais pura verdade, eu espero lhe ver sempre, ou as vezes quando dê, só não quero ter você longe. Tomara que essa carta não te distancie de mim, mas isso acontecer, mio amore, de certa forma valeu a pena, pois agora você sabe o que sempre soube indiretamente quando olhava dentro dos meus olhos.
Eu sei separar bem as coisas não se preocupe, quero isso fique bem claro. Enfim, eu sei que você esta lendo isso agora, por favor, me entenda.
Espero que você fique bem, um beijo e até a próxima.


- Acioli.

You May Also Like

0 comentários