O garoto da casa ao lado.

domingo, fevereiro 24, 2013

É assim, os nossos passos sempre se cruzam, se guiam, abusam. A gente nem se fala direito quando nos encontramos na rua, por vergonha nossa ou pela nossa pressa. Nos olhamos e os nossos olhos nos dizem algumas palavras, poucas palavras. A nossa prosa é boa, rede social é uma ponte perfeita pra falarmos um ao outro o que nós sempre desejamos dizer pessoalmente, aliás nós sempre fugimos mesmo tando no mesmo lugar.
Eu realmente não sei o que acontece com a gente, pois sempre que um de nós se ver livre o outro esta preso em alguém ou em alguma outra situação, o nosso destino brinca, ou quem sabe, o nosso destino não combina, sabe-se lá o que é, o que eu sei, meu amigo, é que sempre haverá uma frase, uma música, ou em versos meus relacionados à distância, terá sempre você. Distância tão perto, distância que apenas eu e você criamos. 
O garoto da casa ao lado que sempre o vejo e nunca o reconheço bem.


Veja também:

0 comentários