E lá vou eu...

terça-feira, fevereiro 19, 2013


Seguindo uma bela estrada, sorrisos, cores neutras, flores e o canto dos pássaros pela manha. Noite eterna em leituras que faziam a minha imaginação ao longe, um monte de borboletas e nada de pedras no caminho. Esperando um Príncipe mais ele nunca chega, continuo a andar. Meu desejo é amar, como sou feliz, mais quero ser feliz com aquele que será o meu abrigo, meu indo e voltando, ah o meu verdadeiro amor, e assim, continuarei a caminhar mesmo desacreditada por fora, mais dentro a esperança de viver. Vivi. O encontrei, não me perdi e hoje, ele me dá uma certeza tão grande. Nos perdemos. Sempre nos perdemos juntos, eu com ele, ele com eu e assim, vivemos, caminhamos, brincamos, sorrimos, amamos e aqui colega tem amor pra toda a eternidade. Amor até depois do casamento e aliás, quer casar comigo meu amigo?

"Acreditar, viver e sonhar sem medo de acabar. Aliás, como acabar o que não começou?"

Veja também:

0 comentários