Desafabo anônimo: A menina do campo

segunda-feira, novembro 05, 2012



Desde que nasce eu moro aqui no interior, meu pai tem uma fazenda e aqui eu sempre me vi feliz. Sempre vivi no campo e não troco esse lugar por cidade grande nenhuma, eu gosto desse cheiro de terra molhada, de correr na grama, andar de cavalo, de beber leite quentinho direto da vaca e de ver o por do sol no finzinho da tarde. Só que essa vida de campo estar mudando aos poucos, pois a cidade onde eu vivo estar ficando cheia de casas enormes, fabricas e edifícios e o por do sol esta desaparecendo nas fumaças que saem da fabrica e o cheiro é insuportável. Parece que os meus dias de menina do campo estão no fim e sem mudar de cidade, já estou morando numa "cidade grande".

Sonhos não morrem, o que morre é a sua vontade de querer realiza-los.

Veja também:

0 comentários